RESTRIÇÕES GOVERNAMENTAIS


RESTRIÇÕES GOVERNAMENTAIS


Antes de viajar, verifique as restrições de entrada no país de destino e/ou conexão em razão da COVID-19. Lembre-se de que essas informações mudam constantemente. Portanto, recomendamos que você verifique também as regras e exceções indicadas nos sites oficiais dos países, estados e cidades que se aplicam à sua viagem.

 

Lembre-se de que se você tiver um voo de conexão com outra companhia aérea, também deve consultar o site dela e verificar quais são os requisitos que devem ser cumpridos para embarcar e continuar sua viagem.

ALEMANHA

Somente é permitida a entrada de:

  • Alemães e residentes.

  • Cônjuges, filhos e parceiro registrados de alemães ou residentes da Alemanha.

  • Qualquer pessoa, independentemente de sua nacionalidade, que resida (viva) em: países da União Europeia, no espaço Schengen, Andorra, Mônaco, Vaticano (Santa Sé) ou São Marino;

  • Titulares de um visto de longa duração (tipo D) emitido por um Estado-Membro ou Estado Associado Schengen.

  • Estudantes que estudam nos Estados Membros ou espaço Schengen e que possuem a permissão ou visto correspondente.

  • Trabalhadores altamente qualificados, cujo trabalho é necessário e não pode ser adiado ou executado remotamente. Essas circunstâncias devem ser justificadas com documentário.

  • Passageiros residentes nos seguintes países, independentemente de sua nacionalidade: Austrália , Canadá, Geórgia, Uruguai, Montenegro,  Nova Zelândia, Tunísia, Tailândia

Todos os passageiros que embarcarem ou conectarem em aeroportos que não estão na lista acima e nem no seguinte link, devem realizar uma quarentena obrigatória de 14 dias na chegada. Os passageiros que fazem conexão no aeroporto de Frankfurt estão isentos desta regra.

  • Passageiros em trânsito para chegar ao seu país de residência:

    • Nacionais da Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda (Rep.), Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça e seus parentes, que retornam via Alemanha para seu país de residência.

    • Estrangeiros de outros países e que possuam algum dos seguintes documentos: EU Family Permit (Permissão familiar da União Européia), Autorização de residência de longa duração na União Europeia, Visto tipo D de múltipla entrada.

  • Passaportes britânicos e seus parentes retornando pela Alemanha para seu país de residência.

  • Passageiros que demonstram que o motivo de sua viagem é realizar uma atividade profissional, por exemplo: viajantes, diplomatas, enfermeiros, pessoal da indústria de alimentos, especialistas.

  • Passageiros em trânsito para seu país de origem, se não houver outra opção de viagem. A finalidade da viagem e os requisitos de entrada para os países de destino e trânsito devem ser comprovados.

  • Militares americanos localizados na Alemanha e suas famílias.

  • Marinheiros mercantes que se registrarão a bordo ou deixarão a Alemanha para se repatriar.

 

O agente de fronteira será quem determinará a entrada final do passageiro no país.

 

Todos os passageiros devem:

  • Todos os passageiros que chegam à Alemanha devem apresentar um certificado de teste molecular COVID (PCR) negativo, realizado nas 48 horas antes da saída do voo com destino à Alemanha e em laboratórios validados pelas autoridades alemãs nos diferentes países com certificado emitido em inglês ou alemão. Os passageiros que não apresentarem o teste, à chegada, poderão realizá-lo gratuitamente nas primeiras 72 horas após a chegada à Alemanha. 

Devido ao exposto, a não apresentação do teste PCR na origem não será motivo para recusa de embarque.

 

Conexões:

  • Para países fora do espaço Schengen, estão permitidos desde que tenham uma reserva e passagem confirmadas e permaneçam na sala de embarque (bagagem despachada até o destino final).

  • Para países dentro do espaço Schengen, é permitido apenas para passageiros com permissão para entrar na Alemanha.

BRASIL

As fronteiras estão abertas a cidadãos, residentes e turistas. 

 

Estrangeiros não residentes poderão ingressar por um período não superior a 90 dias e devem apresentar um comprovante de aquisição do seguro de saúde, com os seguintes requisitos:

 

  • Válido para utilização no Brasil com cobertura para todo o período da viagem.

  • Oferecer cobertura mínima de R$ 30.000,00 reais (aproximadamente USD 5500); 

  • A apólice deve estar emitida no idioma português ou inglês.

 

Este seguro é requerido para cada um dos passageiros viajando ao Brasil e não se aplica para:

  • Brasileiros

  • Estrangeiros residentes no Brasil

  • Passageiros em trânsito internacional (desde que permaneçam na sala de embarque).

 

Check-in Digital e Kiosk: 

Todos os voos para o Brasil permitem o check-in sem a entrega do cartão de embarque, com a finalidade de garantir  o controle no aeroporto dos requisitos para 100% dos passageiros.

CHILE

Somente é permitida a entrada de:

  •  Cidadãos chilenos e estrangeiros residentes.

 

Todos os passageiros devem:

  • Voos Internacionais (chegando no Chile): 

    • Realizar quarentena obrigatória por 14 dias no primeiro ponto de ingresso ao Chile.

    • Apresentar o código QR da Declaração Juramentada, emitida em www.c19.cl.

 

Considerações da quarentena:

  • Passageiros que chegam em um voo internacional COM conexão para um voo doméstico: antes de continuar sua viagem, devem cumprir a quarentena obrigatória indicada no primeiro ponto de ingresso ao país.

 

Passageiros que chegam em um voo internacional SEM conexão para um voo doméstico: poderão realizar quarentena no seu endereço domiciliar comprovável, ou contrário  serão direcionados a  hotéis sanitários (sem custo para o passageiro).

 

Voos Domésticos:

  • Apresentar o código QR da Declaração Juramentada, emitida em www.c19.cl.

 

Esta declaração será solicitada nos aeroportos de origem e destino, podendo ser solicitados documentos adicionais para confirmar a veracidade das informações, como: contas de serviços; correspondência bancária; contrato de trabalho, etc.

 

  • Conexões para voos internacionais: são permitidas desde que o passageiro cumpra todos os requisitos para realizá la e permaneça na sala de embarque.

     

Voos para a região de Aysén (Balmaceda)

A partir de 04 de setembro, os passageiros deverão apresentar à autoridade sanitária ou ao MINSAL no Aeroporto de origem teste RT-PCR negativo, realizado no máximo 72 horas antes da saída do voo. Caso não conte com este  requisito, o embarque não será permitido.

 

Os testes rápidos de sangue ou anticorpos para COVID-19 não serão válidos. Recomendamos que contate seu provedor de serviços de saúde para confirmar que o  teste seja o RT-PCR.

 

  • Não é permitida a entrada de turistas, estudantes e residentes da região; exceto por razões excepcionais de trabalho, tratamento médico, procedimentos funerários de parentes ou mudanças, devidamente credenciados, caso contrário o embarque poderá ser negado. Além disso, o passageiro deve contar com um salvo-conduto obtido na Delegacia Virtual.   

 

Mais informações aqui.   

 

Sobre os voos para Ilha de Páscoa

Somente é permitida a entrada de:

  • Residentes permanentes na ilha.

  • Profissionais que executarão algum trabalho essencial na ilha.

Todos os passageiros para ingressar a Ilha de Páscoa devem contar:

COLÔMBIA

Em conformidade com a Resolução 1054 do Ministério da Saúde e Proteção Social da Colômbia, nossos clientes devem cumprir as seguintes determinações:

  • O acesso aos terminais do aeroporto será permitido no máximo 2 horas antes do horário de partida do voo.

  • O uso correto da máscara é obrigatório desde o momento em que você entra no aeroporto, durante o voo e até você sair de todas as instalações do aeroporto.

  • O uso do serviço de cadeira de rodas é limitado para pessoas com mobilidade reduzida ou com a apresentação de um atestado médico que confirme seu uso. 

  • As autoridades sanitárias recomendam viajar com menos bagagem a bordo para evitar o contato com as superfícies, portanto recomendamos transportar apenas um artigo pessoal que não ultrapasse 55x35x25 cm, por exemplo: uma carteira, uma bolsa para laptop, uma bolsa de bebê , etc., e coloque-a abaixo do banco dianteiro.

  • Recomenda-se que outras peças de bagagem de mão que não cumpram estas condições sejam transportadas como bagagem de porão e entregues no balcão de check-in sem custo, se a tarifa permitir.

  • Lembre-se de que itens frágeis ou perecíveis não devem ser incluídos na sua bagagem despachada. Tais como dinheiro, joias, pedras preciosas ou metais preciosos, talheres de prata, documentos negociáveis, títulos ou outros valores, passaportes, câmeras fotográficas ou de vídeo, filmadoras, computadores, tablets eletrônicos, telefones celulares, calculadoras, óculos, garrafas de licor ou perfumes, entre outros, pelos quais a transportadora não se faz responsável. Estes itens devem ser transportados como artigos pessoais.

  • Baixe o aplicativo CoronA-Colombia e preencha as informações solicitadas, antes e durante os 14 dias após o voo. Caso viaje com menores ou com pessoas que não tenham o aplicativo, o mesmo poderá ser preenchido em um único dispositivo.

  • Informamos que não haverá serviço de bordo nos voos domésticos na Colômbia.

  • Não teremos disponível o Embarque Premium, uma vez que será realizado de trás para a frente para todos os passageiros sem distinção.

  • Se  apresentar sintomas ou for diagnosticado com COVID até 14 dias após o seu voo, informe-nos através deste formulário, adicionalmente deverá reportar ao seu Entidad Admnistradora de Planes de Beneficios (EAPB) e também através do aplicativo CoronApp - Colombia.

 

Informamos também que por despacho do Ministério da Saúde e Proteção Social, não há serviço a bordo (alimentação) durante o voo, tanto em cabines Econômicas como em Econômicas Premium, nem teremos Embarques Premium disponíveis, pois o mesmo será feito de trás para frente para todos os passageiros sem distinção.

 

Viagem com destino a  San Andrés:

Conforme as indicações do Governo Nacional, uma vez adquirida a passagem aérea com destino a San Andrés, os passageiros maiores de 7 anos deverão realizar o teste Antígeno para covid-19, cujo resultado para viajar deve ser negativo. Além disso, o resultado do teste não deve ser superior a 48 horas antes do horário da partida do seu voo.

Conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde, deve se levar em consideração o seguinte:

  • Por meio das Entidades Promotoras de Saúde (EPS) e das Entidades Obrigadas a Compensar, será autorizado teste de antígenos para filiados maiores de sete anos de idade que possuam passagem comprada para San Andrés e para a solicitação deverá anexar a passagem aérea.

  • Os passageiros também poderão realizar o teste de antígeno em um laboratório habilitado e pagar com recursos próprios.

  • O resultado do teste chegará ao seu e-mail, após seis horas da realização.

  • No dia da sua viagem, compareça ao aeroporto com o seu documento de identidade, passagem aérea e o resultado da prova covid-19. Sem estes documentos não poderá viajar.

  • Durante a estadia na ilha, se apresentar sintomas, deve contatar com seu EAPB ou dirigir-se a um hospital. Se você ou algum de seus acompanhantes obtiverem resultado positivo, será realizado isolamento rigoroso no hotel Iguana Gorda com a finalidade de ativar o protocolo.

  • Caso resulte positivo no destino, deverá entrar em contato com o Contact Center LATAM para alterar a data de sua passagem de retorno até completar o período de quarentena estabelecido e informado pelas Autoridades de saúde, a qual deverá enviar suporte para Companhia Aérea.

EQUADOR

As autoridades sanitárias e municipais farão testes rápidos COVID aleatoriamente para passageiros que viajem entre Guayaquil (GYE) e Quito (UIO).

 

Passageiros com destino à Ilha Galápagos:

Todos os passageiros devem ter um resultado negativo de um teste RT-PCR, no máximo 96 horas antes da partida do voo e realizado em laboratórios nacionais autorizados. São aceitos resultados de laboratórios internacionais de passageiros procedentes do exterior e nos prazos acima indicados. 

 

Os testes rápidos de sangue ou anticorpos para COVID-19 não serão válidos; Sugerimos que você entre em contato com seu provedor de saúde para confirmar se o teste é RT-PCR. 

 

No caso de turistas nacionais ou estrangeiros, ter o salvo-conduto para grupos organizados expedido pelo Ministério do Turismo, que os isenta do cumprimento da quarentena nas ilhas. 

 

Para mais informações, você pode revisá-lo aqui.

ESPANHA

Se viajar para a Espanha:

Como requerimento das Autoridades Espanholas, será necessário o aceite da Declaração de Saúde (durante o check-in online ou no aeroporto) para confirmar que: não apresenta sintomas, não foi diagnosticado/a com COVID-19, não entrou em contato direto com uma pessoa que possui, tampouco está em um período de quarentena obrigatória.

Além disso, para ingressar na Espanha, deverá preencher um formulário de saúde antes de iniciar sua viagem, salvar de forma digital ou imprimir o código QR gerado e apresentá-lo à autoridade sanitária no destino.

 

Se viajar saindo da Espanha:

  • Ir  ao aeroporto com tempo suficiente (máximo 6 horas antes da partida do seu voo), pois os controles de segurança antes de voar podem demorar mais tempo.

  • A Autoridade Espanhola restringiu o acesso aos aeroportos exclusivamente às pessoas que irão viajar. Somente aqueles que necessitam de assistência podem ser acompanhados; pessoas com mobilidade reduzida (PMR) ou menores não acompanhados (UM).

  • Como requerimento das Autoridades Espanholas, será necessário o aceite da Declaração de Saúde (durante o check-in online ou no aeroporto) para confirmar que: não apresenta sintomas, não foi diagnosticado/a com COVID-19, não entrou em contato direto com uma pessoa que possui, tampouco está em um período de quarentena obrigatória.

  • Não esquecer a máscara. As máscaras são obrigatórias em todos os momentos, tanto no aeroporto quanto a bordo do avião.

  • Lembre-se de manter o distanciamento social em todo o momento de pelo menos 1,5 m e lavar as mãos frequentemente com sabão ou gel hidroalcoólico. 

  • Despachar a bagagem sempre que possível e sua tarifa adquirida o permita.

  • Se for com bagagem de mão, lembre-se que deve cumprir a franquia permitida.

  • Se a Autoridade exigir deverá passar por um controle sanitário e apresentar a documentação necessária.

Para embarcar, aproxime-se da porta somente quando seu grupo de embarque for chamado.

Somente está permitido a entrada de:

  • Passageiros com nacionalidade espanhola e nacionais da União Europeia.
  • Estrangeiros com residência na Espanha (vigente) ou com permissão de retorno.
  • Familiar (*) direto de um nacional da União Europeia viajando juntos.
  • Familiar (*) direto de um nacional da União Europeia que viajou para se reunir com este.
  • Familiar (*) direto de nacionais do  Reino Unido viajando juntos ou viajando para reunir-se com este.
  • (*) Os certificados que comprovam o grau de parentesco devem ser apostilados pelo país que o emite, exceto no caso daqueles emitidos pelo país de destino do passageiro. Familiar direto refere-se à esposa / esposo ou filhos.
  • Qualquer pessoa, independentemente de sua nacionalidade, que resida e demonstre com documentos oficiais que vive em: países da União Europeia, no espaço Schengen, Andorra, Mônaco, Vaticano (Santa Sé) ou São Marino;
  • Qualquer pessoa, independentemente de sua nacionalidade, que resida e demonstre com documentos oficiais que vive em qualquer um dos seguintes países, pode entrar na União Europeia sem restrições: Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Marrocos, Nova Zelândia,  Ruanda, Coreia Do Sul, Tailândia, Tunísia, Uruguai e  China.
  • Titulares de um visto de longa duração emitido por um Estado-Membro ou Estado Associado Schengen.
  • Vistos de longa duração, tipo D, emitidos pela Espanha;
  • Trabalhadores fronteiriços;
  • Profissionais de saúde ou de assistência a idosos que realizam sua atividade laboral;
  • Pessoal das organizações diplomáticas, consulares, internacionais, militares e humanitárias, no exercício de suas funções.
  • Marinheiros Mercantes.
  • Pessoa Militar.
  • Estudantes que estudam nos Estados Membros ou Estados Associados Schengen e que possuem a permissão ou visto correspondente.
  • Trabalhadores altamente qualificados, cujo trabalho é necessário e não pode ser adiado ou executado remotamente. Essas circunstâncias devem ser justificadas com documento.
  • Pessoas que viajam por razões imperativas de família devidamente credenciadas;
  • Pessoas que possuam um documento válido que alegue motivos de força maior ou situação de necessidade, ou cuja entrada se permita por motivos humanitários.
  • Nacionais ou residentes de países da União Europeia (Schengen), para dirigir-se ao seu país de residência. 
  • Passageiros com um TIE (Tarjeta de Identificación de Extranjeros) válido ou com uma autorização de retorno, mesmo que tenha expirado durante o período de alarme ou com um visto de longo prazo válido.
  • Todos os passageiros devem preencher um formulário de saúde o qual deve ser apresentado à autoridade na chegada. Este formulário está disponível em duas versões, no entanto, recomenda-se o uso da versão digital, pois agiliza o processo de controle do passageiro na chegada:
  • Formulário digital: FCS Individual disponível em: https://www.spth.gob.es/ 
  • Formulário físico: “Passenger Location Card”, entregue a bordo

Conexões: 

 

  • Para países fora do espaço Schengen, eles são permitidos desde que tenham reserva e passagem confirmadas, que a conexão não exceda 24 horas e permaneça na sala de embarque (bagagem despachada até o destino final).
  •  Para países dentro do espaço Schengen, é permitido apenas para passageiros com permissão para entrar na Espanha.
  •  

    ESTADOS UNIDOS

    Restrição de embarque aos passageiros que visitaram, transitaram ou realizaram conexão (mesmo que tenha permanecido na sala de embarque) nos últimos 14 dias pela República da China (exceto Hong Kong e Macau), Irã, Reino Unido, Irlanda, países dos Estados Schengen e Brasil.

    Os seguintes passageiros estão isentos da restrição anterior, desde que ingressam aos Estados Unidos através de alguns dos 15 (*) aeroportos que reforçaram seus processos de controle:

    ·         Cidadão americano ou residente legal dos Estados Unidos.

    ·         Estrangeiro que é cônjuge de um cidadão americano ou residente legal.

    ·         Estrangeiro que é pai ou responsável legal de cidadão americano ou residente legal (solteiro e menor de 21 anos)

    ·         Estrangeiro que tem um irmã(o) cidadão americano ou residente legal que reside no país (solteiro e menor de 21 anos)

    ·         Menores (21 anos) adotivos ou possíveis de ser adotados por um cidadão americano ou residente legal. Os visto válidos para embarque IR-4 e IH-4.

    ·         Estrangeiro viajando a convite dos Estados Unidos com a finalidade de conter ou mitigar o vírus.

    ·         Estrangeiros membros da tripulação.

    ·         Estrangeiro viajando com os seguintes vistos:A-1, A-2, C-2, C-3, G-1, G-2, G-3, G-4, NATO-1 até  NATO-4 e NATO-6.

    ·         Estrangeiro que não apresenta um risco significativo na introdução ou transmissão do vírus (Redigida pelo Diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças)

    ·         Um estrangeiro que viaja com o objetivo de melhorar o cumprimento das leis dos Estados Unidos, determinado pelo Secretário de Estado ou Secretário de Segurança Nacional e com base em uma recomendação do Procurador-Geral.

    ·         Estrangeiro onde seu ingresso seja de interesse nacional dos Estados Unidos, determinado pelo Secretário de Estado ou Secretário de Segurança Nacional.

    ·         Passageiros que estiveram em: Áustria, Bélgica, Brasil, Chile (Rep Popular), República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irã, Irlanda, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, Reino Unido (excluindo os territórios fora da Europa), Suécia e Suíça nos últimos 14 dias, porém, estão isentos da restrição para entrar nos Estados Unidos deverão ser submetidos a quarentena de 14 dias ao chegar no destino final.

    (*) JFK, LAX, SFO, SEA, ORD, HNL, ATL, IAD, EWR, DFW, DTW, MIA, BOS, FLL e IAH.

    INGLATERRA

    Como precaução contra infecções cruzadas e para reduzir interações, o dinheiro em espécie não será aceito no balcão de pagamentos do aeroporto.

     

    A partir do dia 08 junho:

    Todos os passageiros devem:

    • Cumprir um período de isolamento preventivo de 14 dias. As pessoas isentas dessa regra estão descritas no site do governo britânico: Veja aqui

    • Preencher o formulário on-line “Public Health Passenger Locator Form” com informações sobre a viagem e contato, que será solicitado ao desembarcar. Essa informação será utilizada caso alguma pessoa que esteve em contato com o passageiro, desenvolva alguma doença e/ou para controlar o cumprimento do isolamento preventivo. Esse formulário está disponível em: Clique aqui

    • As seguintes pessoas estão isentas de preencher esse formulário:

    • Membros de missões diplomáticas e escritórios consulares no Reino Unido, oficiais, servidores ou representantes de organizações internacionais e seus familiares.

    • Funcionários de defesa (Marinha, Exército, Polícia, etc.) e pessoas que possuem contrato para prestação de serviços ao governo britânico.

    • Funcionários que trabalham na segurança da fronteira.

     

    As pessoas que não cumprirem com as regras descritas anteriormente poderão ser multadas e até negadas de entrar no Reino Unido.

     

    É permitido passageiros em trânsito para conectar com países fora da “Commom Travel Area” (Irlanda, Grã-Bretanha, Ilha de Man e Ilhas do Canal) sempre que permanecerem na sala de embarque e não passem pelo controle de fronteiras (imigração). Esses passageiros não precisam realizar o período de isolamento preventivo.

     

    Também é recomendado a todos que entrem no Reino Unido que baixem e utilizem o aplicativo da NHS que permite orientar as pessoas diante de necessidades médicas. Esse aplicativo pode ser baixado ao desembarcar no Reino Unido.

    MÉXICO

    Todos os passageiros e tripulantes que entram ou saem do país devem:

    Preencher o "Questionário de identificação para fatores de risco em viajantes", disponível em: https://afac.hostingerapp.com/

    PERU

    Somente é permitida a entrada de:

    • Nacionais e residentes permanentes de Peru.

     

    Todos os passageiros que ingressam ao país devem:

    • Cumprir quarentena de 14 dias. 

    • Completar o formulário digital “Declaración Jurada de Salud” (clic aquí) que deverá apresentar na chegada.

     

    Voos Domésticos:

    Todos os passageiros devem utilizar uma máscara e adicionalmente proteção facial.

    Todos os passageiros devem preencher uma “Declaración Jurada General de Salud” (Click aqui), no entanto para menores de 14 anos e maiores de 65 anos, devem preencher adicionalmente os seguintes formulários: 

    • “Declaración jurada para el transporte de pasajeros menores de 14 años”. (Click aqui)

    • “Declaración jurada para el transporte de pasajeros mayores de 65 años” (Click aqui)

     

    Estes formulários estão disponíveis em latam.com (Restrições Governamentais) assim como no aeroporto (Check-in e Embarque); e devem ser entregues ao pessoal da LATAM no aeroporto de destino.

     

    Crianças menores de 14 anos não podem viajar sozinhas, elas devem ser acompanhadas por um dos pais ou tutor legal. Consequentemente, o serviço UMNR não estará disponível para menores de 8 a 14 anos até novo aviso.

    PORTUGAL

    Todos os passageiros  com destino a Portugal (incluindo aqueles que permanecem na sala de embarque para uma conexão) devem apresentar o teste RT-PCR COVID-19 negativo, realizado até 72 horas antes do voo, caso contrário não poderão viajar.

    Outros tipos de testes, como os rápidos de sangue ou anticorpos, não serão aceitos. Sugerimos contatar seu provedor de serviços de saúde  para confirmar se o tipo de exame que vai realizar é o correto.

    Dado que o teste RT-PCR COVID-19 deve ser realizado no máximo 72 horas de antecedência, recomendamos que o faça 48 horas antes da partida do voo com destino a Portugal, para que tenha flexibilidade em caso de imprevistos em sua  viagem.

    As fronteiras dos países da 1 União Europeia ainda se encontram parcialmente fechadas, portanto as restrições à entrada de turistas de alguns países continuam vigentes. Para mais informações, verifique os sites oficiais do país para o qual deseja viajar.

     

    Somente permitida a entrada de:

    • Nacionais e residentes em Portugal.

    • Passageiros com visto de longa duração emitido por Portugal.

    • Cidadãos de países da 1 União Europeia, 2 Espaço Schengen, Reino Unido, Andorra, Mônaco, Vaticano (Santa Sede) e San Marino.

    • Passageiros com autorização de residência ou visto de longa duração emitido por países da 1 União Europeia e do Reino Unido que regressem ao seu país de residência via Portugal.

    • Para viagens essenciais e / ou agrupamento familiar, consulte o consulado português para verificar a necessidade de vistos e / ou documentos complementares para entrada no país.

    • Caso viaje com um “Termo de Responsabilidade”, este deve ser preenchido e assinado perante um notário ou advogado em Portugal, ou em um consulado português pelo responsável legal.

    • Estudantes em países membros da 1 União Europeia e do 2 Espaço Schengen que tenham uma licença ou visto correspondente.

    • Trabalhadores altamente qualificados, cujo trabalho é necessário e não podem postergá-lo ou executá-lo remotamente. Estas circunstâncias devem ser justificadas com um documento.

    • Equipes diplomáticas, forças armadas e forças de segurança; profissionais de saúde e resgate, equipes selecionadas, incluindo aqueles descritos no dispositivo especial de extinção de incêndio rural.

    • Trabalhadores temporários podem ingressar e sair de Portugal desde que possuam um documento que comprove a sua experiência.

    • Consulte a informação publicada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Portuguesa no seguinte link. Clique Aqui

    Devido às exigências do governo português  descritas acima, a entrega dos cartões de embarque por meio digital (website, e-mail ou Aplicação móvel) está suspensa. Por favor, dirija-se ao balcão de check-in do aeroporto de origem para solicitá-lo ao destino final.

     

    1 Países da União Europeia:

    Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia.

     

    2 Países do espaço Schengen:

    Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

     

    URUGUAI

    Somente é permitida a entrada de:

    • Nacionais e residentes do Uruguai;

    • Filhos ou cônjuges de um uruguaio, cuja nacionalidade é estrangeira e  viaja junto com uruguaio, devem demonstrar seu grau parentesco através de uma certidão de nascimento ou certidão de casamento, conforme o caso, apostilada pelo consulado do Uruguai ou cartório, (não requer tradução). Caso viaje sozinho,  adicionalmente requer a autorização da Direção Nacional de Migração do Uruguai.

    • Estrangeiros não residentes com ingresso temporário e por um período não superior a 7 dias por razões: 

      • Trabalho, econômico ou empresarial.

      • Judiciais.

    Os passageiros que ingressam  nas condições indicadas devem  apresentar documentos que validem seu ingresso e que sejam certificadas pela Direção Nacional de Migração do Uruguai e pelo Ministério competente.

     

    Todos os passageiros com destino ao Uruguai devem:

    • Apresentar no aeroporto de origem um teste PCR negativo, realizado no máximo até 72 horas antes da saída do voo e em um laboratório credenciado no país de origem. Caso não apresente será negado o embarque. Ficam isentos crianças menores de 6 anos.

    • Os testes rápidos de sangue ou anticorpos para COVID-19 não serão válidos; sugerimos que você entre em contato com seu provedor de saúde para confirmar se o teste é RT-PCR. 

    • Ao chegar no Uruguai, realizar isolamento obrigatório de  7 a 14 dias, exceto para passageiros com ingresso  temporário e por um período inferior a 7 dias.

    • Preencher a declaração jurada entregue a bordo.

    O que você deve fazer antes, durante e depois do seu voo.

    Restrições de acesso

    CONSIDERAÇÕES PARA PASSAGEIROS COM CONEXÃO INTERNACIONAL EM PAÍSES RESTRITOS

    Em todos os países onde não está permitido a entrada de estrangeiros em seu território, porém é realizado conexões internacionais para um terceiro país, somente será possível tal opção caso o passageiro possa despachar sua bagagem até o destino final e permanecer na sala de embarque sem entrar no país de conexão.