Em 1º de agosto de 2018, entrou em vigor no Chile uma lei que regula os direitos de permanência, residência e deslocamento para ou da Ilha de Páscoa, território especial chileno.

A Polícia de Investigações do Chile (PDI) realizará o controle de entrada no aeroporto internacional de Santiago (SCL) perante todas as pessoas que viagem para a Ilha de Páscoa.


Por quanto tempo você pode permanecer na Ilha de Páscoa?

Se você é turista, pode ficar 30 dias, no máximo.

Em alguns casos, a lei estabelece condições para conceder a permissão de permanência na ilha por mais de 30 dias (artigo 6º). Além disso, em casos de força maior ou de situações fortuitas, o governo da Ilha de Páscoa poderá prorrogar o prazo de permanência após análise.
 

Quais documentos você deverá apresentar?

  • Carteira de identidade, passaporte válido ou outro documento oficial de viagem.
  • Passagem de volta da Ilha de Páscoa (intransferível), com data de retorno não maior que 30 dias a partir da data de entrada no território.
  • Reserva de hospedagem em estabelecimento autorizado pelo Serviço Nacional do Turismo do Chile (Sernatur), indicando o endereço do local, ou uma carta-convite de uma pessoa pertencente ao povo de Rapa Nui ou ainda outro documento autorizado (conforme o art. 6º da lei) para permanecer e/ou residir na Ilha de Páscoa.
  • Formulário Único de Entrada (FUI) preenchido. Você pode completar seus dados previamente de forma digital e, assim, evitar ter de fazer isso no aeroporto. Ao preencher o formulário, você receberá um e-mail de confirmação que deverá ser apresentado para a PDI. Você também pode solicitar o formulário impresso no balcão do aeroporto e apresentá-lo preenchido no local.
     

Considerações especiais:

  • Se você tem conexão dentro do Chile, ao deixar a ilha será submetido ao controle no balcão.
  • Se você viaja para a Ilha de Páscoa a partir de Papeete (Taiti), será submetido ao controle ao chegar na Ilha, e não na sua origem.
     

Para mais detalhes, consulte o site do Ministério do Interior e Segurança Pública do Chile (em espanhol e inglês).