Sala de Imprensa

Press Releases

LATAM acelera crescimento com 7 novos destinos no Brasil no primeiro trimestre de 2022

Com incremento, empresa chegará a 56 destinos nacionais - um crescimento de quase 30% sobre a quantidade de aeroportos atendidos no pré-pandemia. Ao todo, serão inauguradas 33 novas rotas no Brasil até março, principalmente a partir dos seus hubs (Guarulhos e Brasília) e de “cidades foco” como Curitiba e Fortaleza. Com alta competitividade e eficiência adquiridas no processo de Chapter 11, LATAM Brasil pode investir em cidades que não podia voar antes e, por isso, estuda abrir outros 10 novos destinos e mais 30 novas rotas no Brasil em 2022

São Paulo, 15 setembro 2021 20:00

A LATAM Airlines Brasil segue confiante na retomada do mercado aéreo doméstico e na sua alta competitividade e eficiência adquiridas no processo de Chapter 11, o qual já se encontra em fase final. Por isso, decidiu abrir operações para mais sete novos destinos nacionais no primeiro trimestre de 2022 e reforçar a sua presença no mercado doméstico. São eles: Fernando de Noronha*, Presidente Prudente, Bauru, Juiz de Fora, Cascavel, Caxias do Sul e Sinop.

"Durante a pandemia, conseguimos atingir um patamar de competitividade que nunca tivemos na última década, e isto possibilita a abertura de novas rotas que antes podiam não ser sustentáveis financeiramente'', afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil. “O passageiro brasileiro precisa de mais opções para voar”, finaliza.

Com a nova onda de investimento da LATAM no Brasil, a companhia ampliará em quase 30% a quantidade de aeroportos atendidos no País na comparação com 2019, passando de 44 para 56 até o primeiro trimestre de 2022. Lembrando que, com as inaugurações já confirmadas de Comandatuba, Jericoacoara, Juazeiro do Norte, Petrolina e Vitória da Conquista, já serão 49 destinos nacionais alcançados até o final de 2021.

Ao todo, os investimentos estão permitindo à LATAM inaugurar 33 novas rotas entre janeiro e março de 2022, principalmente a partir dos seus hubs de Guarulhos e Brasília, e de “cidades foco” como Curitiba e Fortaleza. Atualmente, a empresa opera 101 rotas no Brasil e, até março de 2022, terá 134.

Os incrementos da LATAM asseguram mais opções aos passageiros brasileiros porque incluem novas rotas ainda não operadas por nenhuma companhia aérea no País e/ou eventualmente somente por uma empresa. Sem contar a geração de empregos diretos e indiretos que a empresa irá fomentar. Até o final de 2021, a LATAM Brasil irá admitir cerca de 2 mil pessoas, entre tripulantes, agentes de aeroportos e equipe de manutenção.

Em breve, a companhia anunciará mais detalhes sobre a operação, início das vendas e data de inauguração de cada um dos seus 7 novos destinos.

Destaques do crescimento da LATAM no Brasil

  • O aeroporto de São Paulo/Guarulhos será o ponto de partida dos voos diretos da LATAM para 5 novos destinos da companhia (Presidente Prudente, Cascavel, Caxias do Sul, Juiz de Fora e Bauru). O aeroporto, vale lembrar, também será o ponto de partida de voos diretos para outros 4 destinos que a LATAM vai inaugurar ainda este ano: Juazeiro do Norte, Jericoacoara, Petrolina e Vitória da Conquista. Ao todo, até o primeiro trimestre de 2022, a LATAM chegará diretamente a 48 destinos a partir de Guarulhos, superando os 35 que operava antes da pandemia.

  • O aeroporto de Recife deve ser o ponto de partida do voo direto da LATAM para um dos novos destinos da companhia (Fernando de Noronha)*. Conforme já anunciado, em 8 de novembro deste ano a LATAM também vai inaugurar em Pernambuco as suas operações em Petrolina, com 5 voos diretos por semana a partir de São Paulo/Guarulhos.

  • O aeroporto de Brasília será o ponto de partida do voo direto da LATAM para um dos novos destinos da companhia (Sinop), e ganhará voos diretos para mais 5 destinos já existentes na malha aérea da empresa: Porto Seguro, Uberlândia, Foz do Iguaçu, Navegantes e Palmas. Ao todo, até o primeiro trimestre de 2022, a LATAM chegará diretamente a 36 destinos a partir de Brasília, superando os 32 de antes da pandemia.

  • O aeroporto de Curitiba ganhará ainda mais relevância na operação da LATAM na região Sul com voos diretos para mais 7 destinos já existentes na malha aérea da empresa: Porto Alegre, Belo Horizonte/Confins, Rio de Janeiro/Santos Dumont, Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina e Fortaleza. Ao todo, até o primeiro trimestre de 2022, a LATAM chegará diretamente a 10 destinos a partir de Curitiba, superando os 3 que opera atualmente.

  • O aeroporto de Fortaleza ganhará ainda mais relevância na operação da LATAM com voos diretos para mais 8 destinos já existentes na malha aérea da empresa: Curitiba, Vitória, Salvador, Recife, Belo Horizonte/Confins, Maceió, São Luís e Natal. Ao todo, até o primeiro trimestre de 2022, a LATAM chegará diretamente ou com escala a 17 destinos domésticos a partir de Fortaleza, superando os 11 de antes da pandemia.

  • Até o primeiro trimestre de 2022, a LATAM também vai inaugurar voos diretos do Rio de Janeiro/Santos Dumont para Florianópolis e Goiânia, além de voos diretos de Belo Horizonte/Confins para Curitiba e Vitória.
     

* A LATAM informa que pretende voar para Fernando de Noronha e que o voo não está à venda. A empresa tem interesse em lançar um voo para Fernando de Noronha e segue em tratativas com as autoridades locais para a obtenção das respectivas autorizações para poder oficializar as vendas.