Indiscutivelmente a internet representa um avanço para a sociedade, garantindo agilidade na comunicação e proporcionando a realização das mais variadas formas de negócios.

Contudo, com os benefícios dos avanços tecnológicos surgem também os infratores anônimos (fraudadores) que praticam condutas indevidas. Muitas vezes o intuito é obter vantagem econômica de maneira ilícita.

Os fraudadores utilizam práticas criminosas para convencer suas vítimas a fornecerem dados sigilosos. Para garantir a segurança das informações, desenvolvemos esta área com orientações que irão guiá-lo caso observe alguma situação fraudulenta.

A prática do phishing (do inglês, fishing, que significa pescar) se refere a uma tática usada pelos criminosos virtuais que, fazendo se passar pelo site original da empresa, requisitam o preenchimento de dados do cliente com a finalidade de capturar informações confidenciais.

Esse sistema fraudulento procura chamar a atenção trazendo supostas promoções ou recadastramentos obrigatórios. Na maioria das vezes é enviado um e-mail com mensagens falsas em nome da empresa e através de recursos visuais, os golpistas induzem o cliente a clicar em um link que o direcionará para um site falso, com um formulário que solicitará dados pessoais, tais como:

  • Nome completo
  • CPF
  • Endereço
  • Número do cartão Fidelidade ou Multiplus

Após preencher os dados pessoais, solicitados no falso formulário, as informações serão enviadas para o site fraudulento e, desta forma, o cliente acreditará ter encaminhado seus dados para o site oficial.

Ao perceber que o site é muito parecido com o verdadeiro, o cliente fornece suas informações pessoais e financeiras aos golpistas, que utilizam estes dados para desenvolver outras ações de fraude.

Considerando o crescimento na utilização das tecnologias da informação, algumas medidas precisam ser tomadas para evitar lesões causadas pelos criminosos virtuais, mais conhecidos como creckers.

1) Observe atentamente a URL (endereço do site).

Recebimento de e-mails, supostamente enviados pela LATAM, que direcionem para uma URL onde o endereço não corresponde ao nome da empresa ou não faça nenhum tipo de referência, é um grande indício de fraude.

2) Outro ponto importante é verificar se o layout do site adotado obedece ao padrão estabelecido pelo site oficial. Erros de ortografia também podem indicar uma fraude.

3) No rodapé do site existem selos de autenticidade, eles são atualizados diariamente. Caso a data esteja com informações diferentes, significa que o site acessado não é seguro. 

Os selos de segurança do site LATAM ficam localizados no rodapé da home (página inicial).

 

phishing

Caso seja detectada uma eventual falsificação eletrônica, é importante a rápida adoção das medidas descritas nos itens abaixo. As evidências deverão ser encaminhadas para o e-mail atendimento.fale@tam.com.br. A companhia agirá rapidamente para reprimir as ações de fraude.

Verifique as medidas de segurança

e-mail padrão

1 - Crie uma pasta em seu computador na qual serão arquivadas as evidências.

2 - Entre na caixa de e-mail onde se encontra a mensagem ilícita.

3 - Clique com o botão direito do mouse sobre a mensagem em questão (não será necessário abrir a mensagem), em seguida selecione a opção Exibir código fonte da mensagem.

*A imagem a seguir representa o antigo "hotmail".

Dicas 1

4 - Ao clicar em Exibir código-fonte abrirá uma janela como mostra a imagem a seguir.

TAM

5 - Em seguida clique em ARQUIVO e depois em SALVAR COMO. Salve o arquivo na pasta descrita no item 1.
OBS: Se o menu ARQUIVO não for encontrado, pressione as teclas ALT +.

TAM

7 - Retorne à mensagem ilícita recebida e, por meio de um print screen (cópia das imagens), salve a tela em um novo arquivo Word.

 

8 – É importante que todas as etapas descritas também sejam salvas no arquivo Word. Em seguida envie o documento para o e-mail: atendimento.fale@tam.com.br.

e-mail do outlook

1 – Acesse a sua caixa de e-mail e selecione a mensagem da qual deseja realizar a análise (não será necessário abrir a mensagem).

tam

2 - Acione o menu ► ARQUIVO ► SALVAR COMO.

3 - Na janela SALVAR COMO, na opção TIPO, selecione o Formato de Mensagem Outlook.

TAM

4 - Se o arquivo for extenso, o mesmo poderá ser compactado utilizando ZIP, RAR, 7z, TAR ou outro método de sua preferência. O arquivo salvo e compactado estará preservado e poderá ser enviado com segurança.

 

5 - É importante que todas as etapas descritas também sejam salvas no arquivo Word (com os diversos prints screen e o cabeçalho da mensagem). Em seguida envie o documento para o e-mail: atendimento.fale@tam.com.br.