Viaje com seu cão de auxilio

Se você precisa viajar com um cão-guia ou de apoio emocional na cabine, você podê fazê-lo sempre que forem cumpridas as condições exigidas em cada caso.

Animal de serviço

Se você tem alguma deficiência visual ou sensorial, problemas de equilíbrio, diabetes ou epilepsia, poderá viajar com o seu cão guia na cabine do avião em todas as nossas rotas, com exceção daquelas em que as normas locais não permitem animais.

Seu cachorro deverá estar devidamente identificado, de forma oficial, como cão-guia ou cachorro em fase de treinamento para se tornar cão-guia. A identificação deve incluir cartão e placa.

Se for viajar para o Aeroporto Internacional Sangster em Montego Bay, na Jamaica, você deve solicitar com antecedência a autorização de entrada para o seu cão no site oficial do governo da Jamaica. O documento deve ser apresentado no embarque juntamente com todos os requisitos exigidos pela autoridade local.

Se você estiver viajando para o Aeroporto de Heathrow, Londres, Inglaterra, você deve solicitar com antecedência a autorização de entrada de seu cão  através do site oficial Heatrow Animal Reception Center. O documento deve ser apresentado no aeroporto com os demais requisitos exigidos pela autoridade local.

 

O que você precisa para transportar o seu animal de serviço?

  • Ele deve viajar sobre os pés ou sob o assento da cabine, sem obstruir os corredores.
  • Não pode estar localizado nas saídas de emergência.
  • É obrigatório o uso de corrente ou arnês e recomenda-se o uso de focinheira para ser usado a bordo apenas se necessário.

 

Devido aos regulamentos do DOT (Department of Transportation) dos Estados Unidos, para viajar com um Animal de Serviço de ou para ou através dos Estados Unidos, você deve sempre preencher o Formulário de Transporte Aéreo*, e no caso da sua viagem ter mais de 8 horas de voo, você também deverá preencher o Formulário de Comprovação*, e depois enviar através do Formulário de contato, 48 horas antes da saída do seu voo.

Esses formulários também serão verificados no momento do embarque, podendo ser apresentados impressos ou de forma digital.

Para o Department of Transportation o Animal de Serviço é aquele cão que está treinado para trabalhar ou realizar tarefas de assistência a uma pessoa com deficiência, seja ela física, sensorial, psiquiátrica, intelectual ou outra deficiência mental. Os detalhes podem ser revisados na página web oficial do Governo dos Estados Unidos.

* Para editar esses formulários, você deve fazer o download do Adobe Acrobat Reader.

 

Cachorro de assistência emocional

Se você precisa da companhia do seu cachorro para viajar, poderá levá-lo com você na cabine do avião em rotas que reconhecem o conceito de cachorro de assistência emocional, ou seja, em voos internacionais com origem ou destino México ou Colômbia. Especificamente na Colômbia, o serviço também está disponível em seus voos domésticos.

Se viajas em outras rotas, poderá solicitar o serviço de transporte de animais de estimação para viajar com o seu cachorro na cabine ou levá-lo no bagageiro do avião.

 

Como solicitar o transporte do seu cachorro de assistência emocional

Você deve nos enviar o formulário de solicitação. Isso deve ser feito pelo menos 48 horas antes do horário de saída do seu voo por meio do nosso Formulário de contato. Nele, detalham-se as condições e os requisitos para viajar com seu cachorro de assistência emocional.

 

Sobre o formulário de contato

O documento é válido por 1 ano a partir da data em que for assinado pelo profissional de saúde responsável. Você poderá apresentá-lo em todos os voos que faça com a LATAM ao longo desse período. Vale lembrar que você deverá ter também todos os documentos originais, uma vez que eles poderão ser solicitados nos aeroportos ou durante o voo.

 

Leve em consideração que:

  • Você poderá viajar apenas com 1 cachorro de assistência emocional, que deverá ter no mínimo 4 meses de idade;
  • A aprovação definitiva de embarque será dada diretamente no aeroporto, no momento do seu Check-in, com a finalidade de garantir que o animal atende todos os requisitos (comportamento e tamanho) que permita que façamos seu transporte de forma segura na cabine; em caso contrário, o cachorro deverá viajar no bagageiro do avião, dentro de uma caixa de transporte adequada, sem custos adicionais;
  • Se o seu cão demonstrar comportamento inadequado sem ser provocado (latir, rosnar, pular em outros passageiros ou fazer as necessidades em local inadequado) em qualquer etapa da viagem (Check-in, embarque ou durante o voo), solicitaremos que você o contenha e/ou que tome as medidas de higiene necessárias (uso de focinheira, fralda, limpeza etc.)

 

Que documentos são necessários para viajar com seu animal de auxílio? 

Para viajar com seu cachorro de serviço ou de assistência emocional, você deverá apresentar todos os documentos sanitários em dia do animal para os países de destino e/ou de conexão. Cada país poderá estabelecer diferentes restrições de saúde, bem como documentação específica para sair ou viajar em seu território. Por exemplo:

  • Se você viaja dentro do Brasil, deverá apresentar carteira de vacinação contra raiva, devidamente preenchida e atualizada por médico veterinário.

  • Se você vive no Chile e viaja para o exterior ou para a Ilha de Páscoa, deverá ter um Atestado Zoosanitário de Exportação (CZE), emitido pelo Serviço Agrícola e Pecuário (SAG) do país. Esse documento, entre outros requisitos, exige o cadastro de cães e gatos no Registro Nacional de Animais de Estimação ou de Acompanhamento.

  • Se você viaja dentro da Colômbia, deverá apresentar um carnê ou atestado de vacinação, indicando o número de matrícula profissional do médico veterinário.

Recomendamos que você entre em contato com a autoridade sanitária ou com o consulado dos países para o qual viajará ou estará em conexão. Verifique informações adicionais no site da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) (em inglês).

* Se algum dos seus voos é operado por uma companhia aérea diferente da LATAM, você deverá solicitar o serviço diretamente na outra companhia.

 

Considerações para o período do voo:

O seu cão-guia ou de assistência emocional deverá usar coleira ou arnês, estar limpo, com boa saúde e bom comportamento. Se ficar inquieto ou agressivo, você terá a possibilidade de levá-lo no bagageiro do avião, em segurança. Além disso, recomendamos que você leve a bordo uma focinheira para que o cachorro use em caso de necessidade.

Cão-guia
Cachorro de assistência emocional
Cão-guia
Cachorro de assistência emocional